segunda-feira, 3 de Março de 2014

Ervilhas com ovos escalfados - Confort food






























Esta receita andava perdida pelo blogue, Já foi feita há uns aninhos mas acabou por ficar esquecida. Como vale a pena a publicação de tão tradicional prato, cá está ela.

Não pensaria quando comprei a minha ajudante de cozinha Bimby, que este seria um dos pratos que mais me iria surpreender. Sabia que seria possível fazer algumas delícias que são complicadas de confeccionar para o mais comum dos mortais, mas não pensei que uma receita tão simples como esta, comidinha da mamã, ficasse melhor ainda, confeccionada na Bimby.

O marido não aprecia ervilhas, a pequena já aprendeu a comer e até gosta, mas este prato seria impensável para uma refeição cá em casa.
Não surgiria uma oportunidade melhor do que a visita de uma amiga e da filha, para testar esta receitinha maravilhosa, perfeitamente enquadrada na Confort Food.

Ingredientes:
6 ovos; 120 gr. cebola; 1 dente de alho; 150 gr. tomate; 50 gr. azeite; 200 gr. chouriço cortado em rodelas; 1000 gr. ervilhas congeladas; 1 caldo de legumes (opcional); 150gr. vinho branco; 100 gr. água; sal e coentros q.b.

Preparação:

Bimby:
Forre o copo de medida com película aderente (própria para altas temperaturas), deite uma pinga de azeite, abra um ovo dentro do copo e feche, formando um saco, coloque na varoma. Repita a operação para os 6 ovos. Reserve.
Coloque no copo a cebola, o alho, o tomate e o azeite e pique 5 seg., vel. 5.Refogue por 5 min., temp. Varoma, vel. 1.
Triture por 15 seg., vel. 7, para que o molho fique homogéneo.
Adicione o chouriço e programe 3 min., temp. Varoma, vel. 1. 
Adicione as ervilhas, o caldo, o vinho, a água, a varoma com os ovos e programe 15 min., temp. Varoma e vel. colher inversa.
Rectifique os temperos e verifique se os ovos estão escalfados, se necessário programe mais alguns minutos à mesma temperatura e velocidade. 

Tradicionalmente:
Comece por picar a cebola e alho e o tomate. Coloque num tacho a cebola e o alho, o azeite e refogue até dourar. Junte o tomate e deixe amolecer. Triture tudo de forma a conseguir um molho homogéneo.
Junte o chouriço, envolva e refogue por mais alguns minutos até soltar os sabores.
Junte o vinho e deixe ferver um pouco para evaporar. 
Junte as ervilhas, a água (se necessário acrescente mais um pouco) e o caldo e deixe ficar por cerca de 20 min (ou até estar cozido a seu gosto). Nos últimos 10 min. Junte os ovos um a um de forma a escalfarem.
Rectifique temperos e verifique se os ovos estão prontos.

Montagem: Coloque as ervilhas numa travessa funda, junte os ovos e salpique com os coentros picados.


Comida de conforto, ideal para os dias frios deste Inverno...e deixe as lembranças soltas...

terça-feira, 25 de Fevereiro de 2014

Tarte da Avó


Vi esta Tarte no página do Facebook da Nô e não resisti e fazer esta magnífica Tarte, adoro amêndoa e achei que seria uma boa substituta do pinhão que está caro demais. A receita original podem encontrar aqui.

A despedida de uma amiga deste nosso Portugal sem condições, foi a oportunidade ideal para a fazer e adorámos. Único senão...para gulosos a tarte fica com muita massa e pouco recheio, mas deliciosa. 
Já voltei a fazer este fim de semana e reduzi a quantidade de massa para metade, deixando-a mais fina e  o recheio como o rei da tarte...maravilhoso.


Vamos á receita:
Ingredientes:

Massa: 500 gr. farinha (uso com fermento); 200 gr. açucar; 200 gr. manteiga bem fria e cortada em pedaços; 1 c. pequena extrato baunilha; raspa 1/2 limão; 3 gemas; 1 c. chá fermento (n coloquei); 50 ml água.

Creme: 450 ml leite; 120 gr. açucar; 3 gemas; 30 gr. farinha; 1 c. pequena extrato baunilha;

Para decorar: 50 gr. pinhões (usei amêndoa em lascas) e açucar em pó

Preparação:

Bimby: 
Comece por preparar o Creme que deverá arrefecer. Coloque a borboleta, todos os ingredientes no copo e programe 8 min., temp. 90º e vel. 3. Retire e deixe arrefecer.

Massa: Coloque todos os ingredientes no copo e programe 3 min., vel. espiga. Retire e divida a massa em 2 partes enrolada em película aderente e leve ao frio por cerca de 30 min.

Tradicionalmente:

Creme: Coloque todos os ingrediente numa panela e em lume brando, mexa sempre até engrossar. Reserve e deixe arrefecer.

Massa: Coloque todos os ingredientes secos numa taça, abra um buraco no centro e acrescente todos os outros. Vá envolvendo e ligando até a massa soltar. Retire e divida a massa em 2 partes enrolada em película aderente e leve ao frio por cerca de 30 min.



Montagem:

Estique cada parte das massas com a ajuda de papel vegetal ou película aderente. Com uma delas forre uma tarteira untada. Coloque o creme e cubra com a outra parte e sele bem com os dedos. Destribua os pinhões sobre a tarte e leve ao forno aquecido a 180º por cerca de 45 min, ou até dourar.

Retire, deixe arrefecer bem e polvilhe com açucar em pó.


Deliciosa...

quarta-feira, 15 de Janeiro de 2014

Fofos de belas



Eu sou louca por doces. Para quem me segue isso já não é novidade e adoro os conhecidos fofos de belas, um bolinho fofo como diz o nome e com um creme divino que o torna ainda mais especial.
Há uns tempos, diria uns anos,  resolvi fazer estas delícias que foram devoradas pelo boss e colegas do trabalho de então... saudades desses belos tempos.
Este post andava esquecido, mas encontrei-o e chegou a altura de o trazer à ribalta, que bem merece por tão grande delícia. 
As próximas visitas cá de casa serão premiadas, pois vamos fazer de novo.
Experimentem porque fica magnífico.

Esta receita foi adaptada de outras que vi por aí e a receita do livro "Doces e Sobremesas da bimby" e por aquilo que achei que ficaria melhor. Adorei o resultado.

Ingredientes
Massa: 4 ovos (L); 200 gr. açucar; 170 gr. farinha c/ fermento; raspa limão
Recheio: 500 ml leite; 3 c. sopa maizena; 90gr. açucar; 3 gemas; açucar em pó para polvilhar

Preparação: 

Pré aqueça o forno a 180º.

Massa:
Bimby: Coloque no copo o açucar e a casca de limão (só a parte branca) e pulverize 15 seg., vel. 9. Junte os ovos e programe 5 min., temp. 37º, vel. 3. Junte a farinha e envolva 15 seg. na vel. 3.

Tradicionalmente: Bata bem os ovos até ficarem em espuma. Adicione aos poucos o açucar e continue batendo. Adicione a farinha e envolva bem, juntando por fim a raspa do limão envolvendo na massa com uma vara de arames.

Coloque em pequenas formas previamente untadas. Eu coloquei num tabuleiro untado e cortei os fofos com um cortador redondo depois de frio.

Recheio:

Bimby:
Coloque no copo todos os ingredientes e programe 8 min., temp. 90º, vel. 4

Tradicionalmente:
Misture o açucar com a farinha maizena e dissolva no leite, leve ao lume e vá mexendo até engrossar. Retire do lume e sempre mexendo junte as gemas bem devagar. leve de novo ao lume mexendo sempre até ferver.

Abra os bolinhos ao meio e recheie-os com o creme. Polvilhe com açucar em Pó (pulverizado na bimby para quem tiver).





segunda-feira, 13 de Janeiro de 2014

Pão de queijo - procurando a perfeição


Pão de queijo é uma delícia salgada muito apreciada por todos aqui em casa e com um marido Mineiro, quando se faz desaparece. 

Ao visitarem o blogue, encontram com certeza receitas várias de pão-de queijo, mas eu procurava uma que facilmente fosse adaptável á bimby mas que me permitisse enrolar os pãezinhos de imediato e isso não se consegue com todas as receitas.

Numa das últimas viagens a Minas Gerais para visita á família provei um pão de queijo que achei magnífico, leve, saboroso e bem sequinho. a receita é de uma prima do maridão. Trouxe a receita e o queijo mineiro comigo e adaptei com sucesso á bimby. A massa sai perfeita, pronta a enrolar e saborear.

Vamos lá?

Ingredientes:

500 gr. polvilho; 250 ml. leite; 150 ml. água; 1 c. sopa sal; 1 c. sopa manteiga; 1/2 c. sopa banha; 2 ovos; 250 gr. queijo mineiro (1/2 cura, queijo mozzarela, ou queijo da Ilha)

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 200º.

Bimby:
Coloque no copo o leite, a água, o sal, a manteiga e a banha e programe 7 min., temp. 90º e vel. 2. Escalde o polvilho colocando-o no copo e mexendo na vel. 6 por 20 seg.
Deixe descer a temperatura até 60º. Junte os ovos, um a um, mexendo por alguns segundos na vel. 6. Por fim junte o queijo e mexa 20 seg., vel. 6.
Programe 2 min. vel. espiga. 

Tradicionalmente:
Leve ao lume um tacho com o leite, a água, o sal, a manteiga e a banha. Deixe ferver.
Numa vasilha coloque o polvilho e escalde-o deitando a mistura líquida sobre ele. mexa com uma colher de pau envolvendo bem. Deixe arrefecer.
Junte então os ovos um a um e amasse muito bem. Por fim junte o queijo e amasse até obter uma massa uniforme.

                             


Forme bolinhas (uso uma colher sobremesa por medida) e leve ao forno em tabuleiro forrado com papel vegetal, até os pães ficarem douradinhos.

Sirva com um belo café bem quente e delicie-se.




sexta-feira, 10 de Janeiro de 2014

Pavlova com doce de morango


Apesar da paragens nas postagens, a cozinha continuou em funcionamento até porque temos 3 boquinhas famintas para alimentar cá por casa. 
Evitamos as sobremesas mas de vez em quando temos que fazer algo para adoçar os corações.
Quando vi num dos programas a Nigella Lawson fazer uma pavlova de maracujá fiquei com vontade de correr para a cozinha. Haverá lá melhor maneira de aproveitar as claras que congelo? Não há, e por isso fiz uma para provar esta deliciosa sobremesa. Aprovadíssima...

Ingredientes:
4 claras; 16 c. sopa açucar; 1 c. chá vinagre; 1 c. chá maizena; 1 c. café baunilha. 20 ml. natas; Fruta a gosto (coloquei doce de morango caseiro)

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180º.

Bimby:
No copo bem seco e limpo, coloque a borboleta, deite as claras e bata por cerca de 5 min. vel. 31/2.
Junte o açucar e bata na vel. 3 por mais alguns segundos até envolver bem.
Junte o vinagre, a maizena e a baunilha e envolva delicadamente com a espátula

Tradicionalmente:

Bata as claras em castelo até obter picos moles mas firmes. Junte o açucar e bata por mais alguns segundos até envolver bem.
Junte o vinagre, a maizena e a baunilha e envolva com uma espátula delicadamente

Montagem:

Num tabuleiro, faça um circulo de cerca de 20 cm de diâmetro. Deite o merengue de forma a ficar alto.
Leve ao forno aquecido e baixe para 150º. Deixe ficar por cerca de 45 min. 
Desligue o forno e deixe ficar a pavlova dentro até arrefecer.
Retire a pavlova já fria para um prato. Bata as natas até ficarem firmes e deite sobre a pavlova. Coloque as frutas ou o doce escolhido.




Uma sobremesa deliciosa.

terça-feira, 7 de Janeiro de 2014

Cupreis em versão rainha



















Este cantinho tem andado um pouco abandonado, a última publicação data de Fevereiro de 2013. Foram muitos os acontecimentos dos últimos anos que fizeram com que ficasse parado. Perda do emprego de sempre, adaptação à nova vida (que não se revelou fácil), pelo meio uma depressão complicada a ser tratada e tudo foi ficando em stand by. A luta tem sido grande, a busca por um novo caminho incessante, mas a luz ao fundo do túnel aparece sempre quando se busca muito.
O meu caminho profissional segue agora firmemente pelos caminhos da Pastelaria e do Cake desing (uma paixão grande), devagar mas com muita força.
Neste canto quero continuar a partilhar o que por casa se vai comendo, fazendo e vivendo.
E porque ontem foi dia de Reis, fizemos novamente estes cupreis magníficos, receita da revista Bimby MP.
Espero que gostem, eu adorei...



Ingredientes:

450 gr. farinha T55; 70 gr. açucar; cascas de 1 laranja (parte amarela); casca de 1 limão (parte amarela); 130 gr. leite; 70 gr. manteiga; 3 gemas ovo; 25 gr. fermento padeiro fresco(usei 1 carteira fermento seco); 20 gr. sumo laranja; 40 gr. vinho porto; 1pitada se sal; 350gr. fruta cristalizada (coloquei apenas frutos secos); 1 gema ovo batida p/ pincelar.

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180º.

Bimby:
Coloque um recipiente sobre a tampa da bimby, pese a farinha e reserve.
Coloque no copo o açucar, a casca de laranja e a de limão e pulverize 15 seg., vel.9. Adicione o leite e a manteiga e programe 30 seg., temp. 37º, vel. 6. De seguida 30 seg., vel. 9.
Adicione as gemas, o fermento, o sumo de laranja e o vinho do Porto e envolva 5 seg., vel. 3. De seguida programe 1 min., vel. 3 e adicione a farinha lentamente através do bocal da tampa.
Adicione o sal e amasse 3 min., vel. espiga. Verifique se forma uma bola que não fique agarrada ás paredes do copo. Se não fôr o caso polvilhe as paredes do copo com um pouco de farinha e volte a amassar uns segundos na mesma velocidade.
Deixe levedar a massa dentro do copo até esta levantar o copo de medida. Assim que aconteça, pressione a massa com as mãos para que a massa baixe e amasse mais 1 min., vel. espiga.
Coloque um recipiente sobre a tampa e pese 250 gr. fruta e reserve.
Programe então 30 seg., vel. espiga e adicione a fruta reservada pelo bucal.

Tradicionalmente:
Num pouco de leite morno dissolva o fermento. 
Num recipiente coloque a farinha abrindo um buraco no meio, junte todos os ingredientes e o fermento dissolvido. Junte a raspa de laranja e limão e amasse bem até obter uma massa homogénea.
Deixe fermentar até dobrar de volume (cerca de 3 a 4 horas). Junte então as frutas cristalizadas e os frutos secos (Guarde alguns para decorar).



Divida em 20 porções (+/- 50 gr. cada). Forme pequenas bolas e coloque-as em formas de queques forradas com formas de papel.
Pincele com gema de ovo e decore com a restante fruta. Se gostar coloque um pouco de açucar humidificado para decorar.
Deixe levedar novamente até dobrar de volume e de seguida leve-os ao forno por cerca de 25 min, ou até ficarem dourados.

Decorei com açucar em pó (Na bimby pulverize por 15 seg, na vel. 9).




Uma delícia que compôs a mesa de Reis cá por casa.







domingo, 10 de Fevereiro de 2013

Mais um Pão de Leite


Cá por casa os pães de leite são frequentes, fazem parte do lanche diário da princesa e são sempre bons. Desta vez fui em busca de uma receita diferente mas na falta de alguns ingredientes lá se usaram outros e saíram maravilhosos.

A receita veio daqui, do blogue da nossa Susana Gomes. As alterações seguem na receita:



Ingredientes:

400 gr. farinha sem fermento; 100 gr. farinhad e centeio; 250 g leite; 80 g de manteiga; 80 g de açúcar; 15 g de fermento fresco de padeiro ou ½ saqueta de fermento seco; Uma pitada de sal; leite q.b para pincelar

Preparação:

Bimby:


Coloque todos os ingredientes no copo, excepto as farinhas, e programe 2 min, temp 37º, vel 1.

Adicione as farinhas e programe 10 seg, vel 6 e depois mais 3 min, vel espiga.
Coloque num recipiente dentro do microondas ou deixe tapado em local quente e deixe que fermente até dobrar de tamanho.

Tradicionalmente:

Aqueça ligeiramente o leite e dissolva o fermento e a manteiga derretida. Coloque numa bancada as farinhas, o açúcar e o sal e no meio coloque os líquidos. Amasse muito bem durante uns minutos, até que a massa ganhe mais ar e elasticidade e se solte da bancada.
Forme uma bola, coloque num recipiente e coloque no microondas ou deixe tapado em local quente e deixe até dobrar de tamanho.


Aqueça o forno a 200 º com o tabuleiro do forno vazio dentro. 
Faça bolas de cerca 60 º e coloque-as num tabuleiro forrado com papel vegetal. De novo deixe levedar até dobrar de tamanho.
Antes de colocar no forno pincele com leite. Deite água no tabuleiro que deixou no forno de forma a criar um ambiente morno e coloque os pães, deixando até ficarem dourados.

Retire e deixe arrefecer numa rede.



Sirva com um delicioso Lemon curd ou manteiga e delicie-se.

A princesa adorou.